North America Map
Infogram
top of page
Logo-red.png

+

¡INFÓRMATE!

Uma perspetiva latino-americana e caribenha das migrações climáticas e do cuidado da Casa Comum

No dia 26 de outubro, vamos desenvolver a segunda discussão sobre Migrações climáticas e cuidado da Casa Comum. Acontecerá às 8h na América Central / 9h na Colômbia / 11h

em Brasília. Quem quiser tradução simultânea para o português pode se inscrever no link a seguir https://cutt.ly/JBqMBOL


Dando continuidade ao Ciclo de Conversas sobre Migrações climáticas e cuidado da Casa Comum, organizado por redes e trabalhos jesuítas na América Latina e Caribe, será realizada a segunda conversa sobre o tema, desta vez focada na realidade latino-americana.

Na América Latina vemos com maior frequência casos de desastres associados a causas climáticas, como é o caso das secas no corredor seco da América Central que impactaram mais de 3,5 milhões de pessoas, necessitadas de assistência humanitária segundo a FAO; ou o aumento de furacões cada vez mais fortes na América Central e no Caribe, a perda de geleiras na região andina que coloca em risco o acesso de muitas comunidades à água potável e as inundações causadas por fortes chuvas em países como o Brasil.

Embora haja consenso científico no entendimento das Mudanças Climáticas, a realidade da América Latina nos leva a indagar criticamente sobre o desenvolvimento econômico e seus impactos sobre o meio ambiente e as comunidades a partir de uma abordagem de Justiça Socioambiental. Uma compreensão mais ampla das relações sociedade-natureza nos leva a reconhecer que as causas e os efeitos das mudanças climáticas no continente envolvem a revelação das desigualdades e injustiças derivadas do próprio sistema e suas formas de apropriação e transformação da natureza.

Para entender esses desafios e avanços, esta segunda conversa se intitula: "Migrações climáticas e cuidado da Casa Comum: uma perspetiva latinoamericana e caribenha", que acontecerá na quarta-feira, 26 de outubro, nos seguintes horários: 8h00 América Central / 9h00 Bogotá / 11h00 Brasília

Esta conversa terá como Palestrantes:

  • Bridget Wooding – Diretora do OBMICA

  • Ana Paredes - Pesquisadora da Universidad Rafael Landívar- Guatemala.

  • Andrea Villaseñor - Diretora de Migração e Deslocamento Forçado para o México e Centroamérica - Hispanics in Philanthropy

  • Fernanda Bedoya - Diretora de Derecho a No Obedecer (Direito a Não Obedecer)

  • Leany Torres – Liderança indígena Warao.

O moderador será Luiz Felipe Lacerda, Secretário Executivo da OLMA/UNICAP


Quem quiser tradução simultânea para o português pode se inscrever no link a seguir https://cutt.ly/JBqMBOL.


Queremos nos aproximar da intersecção de migração e mudança climática na América Latina e no Caribe, a partir do chamado ao cuidado da Casa Comum que nos pede para proteger o meio ambiente e as pessoas, especialmente aquelas que apresentam situações de vulnerabilidade com foco humano direitos e natureza.

Esta série de Diálogos para aprofundar a relação entre Justiça Climática e Migração Forçada é organizada pela Rede Jesuíta com Migrantes da América Latina e do Caribe (RJM-LAC), o Grupo de Ecologia Integral da Rede de Centros Sociais e a Federação Internacional de Fé Alegria; bem como o Observatório de Justiça Socioambiental Luciano Mendes de Almeida, a Cátedra Laudato Si da Universidade Católica de Pernambuco e o Serviço Jesuíta para Migrantes e Refugiados do Brasil, com o apoio de Hispanics in Philanthropy




0 visualização
bottom of page